Equipe Técnica do Ministério da Defesa considera Indústrias do Setor Metal-Mecânico qualificadas

A equipe, liderada pelo coronel Luis Felipe Garcia Fernandes, passou por 20 empresas da cidade de Santa Rosa, com o objetivo de identificar potencialidades e inseri-las na cadeia produtiva do Ministério.

Uma reunião na ACISAP (Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agropecuárias de Santa Rosa) realizada em 10 de novembro, marcou o encerramento da visita da equipe técnica do Ministério da Defesa. Na reunião, os técnicos revelaram que consideraram as empresas visitadas como muito bem qualificadas, com potencial e capacidade técnica.

O presidente do SIMMME.SR, Irálcio Amorim, destaca que este é um momento muito importante para Santa Rosa, a luz do que foi a vinda da AGCO do Brasil para a cidade. "É uma grande possibilidade de abertura para novos mercados, especialmente para o setor metal-mecânico, que une forças e e produtos qualificados em diversos processos".

Irálcio também destaca que "é apenas o primeiro passo de uma grande caminhada, com possibilidade e desafios de apresentar todas as possibilidades do polo santarrosense para a indústria da defesa nacional e para muitas outras oportunidades e necessidades de todo o país". O presidente do SIMMME.SR destaca ainda que é importante a ACISAP e AD - Agência de Desenvolvimento de Santa Rosa, continuarem unidas com o SIMMME.SR e acompanhem os passos seguintes, para esta grande oportunidade.

SIMMME.SR x Ministério da Defesa - Um novo horizonte para o setor Metal Mecânico

O ministro da defesa, Raul Jungmann, acompanhado do Ministro Osmar Terra, esteve em Santa Rosa no dia 20 de outubro, juntamente com 2 coronéis da área técnica do ministério.

Os dois coronéis, acompanhados de Irálcio Amorim, presidente do SIMMME-SR (Sindicato das Indústrias Mecânicas e de Material Elétrico de Santa Rosa), já estavam em Santa Rosa e visitaram indústrias do polo metal mecânico local. Eles validaram o estágio atual da qualidade fabril de todas as plantas visitadas e que fornecem peças e componentes para AGCO do Brasil, John Deere e outras grandes indústrias.

O almoço com lideranças locais e regionais foi organizado pela AMGSR (Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa), presidida por Alcides Vicini, na AABB.

Raul Jungmann declarou que uma equipe técnica foi enviada dois dias antes para Santa Rosa para avaliar tecnicamente a estrutura das plantas industriais. "Afinal, precisamos ter todas as informações sobre eventuais futuros fornecedores nos aspectos dos padrões de exigência e de qualidade, já que o Ministério da Defesa representa um mercado de R$ 209 bilhões só aqui no Brasil.", explicou. Anunciou que já está a caminho a formação de uma comissão para aproximar Santa Rosa à base industrial da Defesa Nacional.

Página seguinte →